110V e 220V: qual a diferença e quando utilizar cada uma delas?

Compartilhe com os amigos

“110 ou 220V?”, você certamente já se deparou com essa questão. Quando se fala em elétrica, é natural que algumas dúvidas venham à tona, principalmente se essas dúvidas estiverem relacionadas à voltagem. Seja na hora de comprar um novo produto ou usar um aparelho bivolt, é importante saber as diferenças entre as tensões, bem como utilizá-las da maneira correta.

Sendo assim, o post de hoje é para falar sobre cada uma delas e suas especificações. Quer saber mais? Continue lendo o texto a seguir.

Afinal, qual a melhor escolha? 110V ou 220V?

Tanto uma como a outra possui suas particularidades, composta por vantagens e desvantagens. Por ter uma tensão mais baixa, a 110V é ideal para evitar acidentes, já que apresenta menos perigo em casos de descarga elétrica e possíveis choques. Além disso, é uma voltagem que usa apenas uma fase, que pode ser balanceada. Por exemplo: se uma fase da casa for desligada, apenas metade ficará sem luz.

Por outro lado, a 110V tem uma corrente maior e necessita de uma fiação mais grossa para obter maiores potências. Esses fios quando aquecidos em excesso podem prejudicar os contatos nas emendas. Diferente do que acontece com a 220V, que pode suportar altas potências com menos corrente, possuindo uma fiação mais fina. O ponto negativo dessa voltagem é representar o dobro de perigo em situações de choque elétrico se comparada a 110V.

Fique atento às voltagens

É fundamental ficar atento quanto ao uso adequado das voltagens. Se você ligar 110V em uma tomada 220V, certamente ocorrerá um curto-circuito. Acidentes do gênero podem resultar em danos maiores, como danificar outros aparelhos ou até mesmo provocar incêndios.

Vale a pena mudar a instalação de 110V para 220V?

Há quem diga que a 220V traz uma economia de 2% a 6% para o local, dependendo de fatores como o tipo de instalação elétrica (monofásica, bifásica ou trifásica). Contudo, isso não passa de um mito. A verdade é que a conta de luz será mais cara para quem gasta mais, simples assim. Portanto, se sua intenção é realizar a troca somente visando economizar, não vale à pena. Afinal, vale destacar que substituir a fiação completa do imóvel acaba saindo bem mais caro e não lhe trará o retorno desejado.

Preciso realizar a manutenção de minha rede elétrica. O que fazer?

A manutenção da rede elétrica é essencial e obrigatória para garantir que você e sua família estejam em segurança. Por isso, não deixe de contar com um profissional especializado. Para resultados satisfatórios, conte com a Instil Service.

E ai, gostou de saber mais a respeito das voltagens 110V E 220V? Continue acompanhando o blog e fique por dentro dos próximos conteúdos. Aproveite e leia nosso artigo anterior: EPIs para eletricistas: o que é e qual sua importância?

 

 

 

 


Compartilhe com os amigos

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *