Eletricista: 4 dicas para se destacar no mundo corporativo

Compartilhe com os amigos

Veja como se tornar um eletricista bem sucedido

Segundo dados do IBGE, a taxa de desemprego atinge 27,6 milhões de brasileiros. Além disso, na atual crise do país, milhares foram dispensados de seus respectivos empregos. Não é a toa que hoje é muito comum você ver  pessoas formadas procurando escapatória em serviços autônomos, como motorista de aplicativo, por exemplo.

Outra função que está sendo muito procurada até mesmo por quem já tem uma profissão é a de eletricista. Afinal, que residência nunca teve problemas com a rede elétrica, não é mesmo? Pensando nessa alta demanda, diversos profissionais decidem investir na aprendizagem e tirar um dinheiro por fora.

Se você se encaixa na descrição acima, esse artigo é para você.

1. Escolha o curso de eletricista ideal

Mesmo que você não tenha poder aquisitivo para cursar o ensino superior no momento, que tal investir em um curso técnico? Eles duram em torno de dois anos e contam com aulas teóricas e práticas, tendo um custo mais baixo se comparado com a mensalidade de uma faculdade, que vai até cinco anos de duração. Não se esqueça de pesquisar sobre o curso no qual está pensando em ingressar, verificar os conteúdos que serão abordados em aula e se as instituições são reconhecidas no ramo. Se conhecer um eletricista que já atua na área, busque por indicações.

2. Adquira experiência

A melhor maneira é começar através de um estágio. Por isso, tenha um currículo atrativo. Vale lembrar que mesmo que nunca tenha trabalhado como eletricista, o portfólio com todos os seus trabalhos será uma excelente ideia para chamar a atenção das empresas, e assim, quem sabe, ter a primeira oportunidade de experiência que contribuirá para sua qualificação.

3. Vá atrás da licença para atuar

Assim como diversas profissões, o eletricista também precisa de um documento que autoriza suas atividades no setor elétrico. Portanto, para exercer a função é necessário cumprir as regras burocráticas e tirar a licença. É importante ressaltar que o rumo do procedimento não é igual para todas as regiões, contudo, você deverá passar por avaliações que testarão seus conhecimentos relacionados à elétrica.

4. Seja um eletricista de destaque

Ser destaque não se trata apenas de ter planejamento e ser habilidoso no que faz, mas também de como você age com seus clientes. Seja um profissional ético e leve seu serviço na base do respeito. Coloque as prioridades do público em primeiro lugar e se mostre sempre disposto a ajuda-los com eficiência. Lembre-se que o mercado é inovador, e por isso, você deve estar atento as últimas novidades de seu segmento.

Outra dica válida é participar de eventos, como palestras e congressos relacionados ao tema. Com isso, será possível aprender coisas novas e se relacionar com pessoas que agregarão em sua carreira de eletricista. E vamos combinar que ter uma lista de contatos é positivo para qualquer profissional, né? Por fim, mas não menos importante, procure aprender uma nova língua. Seja o inglês ou espanhol, ter uma segunda língua é um diferencial para qualquer currículo.

E aí, gostou das dicas? Está pensando em se tornar um eletricista? Conta pra gente aqui nos comentários.

Leia também Veja como proteger crianças de acidentes elétricos


Compartilhe com os amigos

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *